Pilotos que transportavam Gabriel Diniz eram diretores do Aeroclube

O piloto e o copiloto da aeronave que transportava o cantor Gabriel Diniz e caiu no Litoral Sul de Sergipe na tarde desta segunda-feira (27) eram diretores do Aeroclube de Maceió, a quem também pertencia o monomotor. O artista ia para Maceió, onde comemoraria o aniversário da sua namorada, a alagoana Karoline Calheiros, que completou 25 anos nesta segunda-feira.

A informação, porém, foi contestada pelo pai do cantor, Francisco Diniz. Segundo ele, a aeronave foi fretada para fazer o transporte do cantor de Salvador, na Bahia, depois da apresentação que ele fez em Feira de Santana, no domingo (26), para Maceió.

Os pilotos foram identificados como Gabriel Abraão Farias, de 27 anos, piloto desde 2012, e Linaldo Xavier Rodrigues, de 37 anos, que acumulava três anos de experiência. Os dois eram tinha formação de comandante.

Gabriel Abraão seria amigo de Gabriel Diniz e estaria com Linaldo passando o final de semana em Salvador, capital da Bahia. Lá eles teriam se encontrado com o artista depois de um show realizado na noite anterior em Feira de Santana. Os três voltavam juntos para a capital de Alagoas.

O avião era um monomotor de modelo PA-28-180 e prefixo PT-KLO, fabricado em 1974 e pertencente ao Aeroclube. A aeronave caiu no povoado Porto do Mato, na cidade de Estância, em Sergipe.

A direção do Aeroclube afirmou que o avião estava com a manutenção em dia e em perfeito estado de conservação. O registro do avião na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) mostra que a aeronave era registrada para realizar apenas voos de instrução e tinha operação proibida para uso como táxi aéreo. De acordo com a direção do aeroclube, o avião poderia ser usado pelos diretores para viagens pessoais.

Sobre Guilherme Beraldo 1915 Artigos
Guilherme Beraldo é jornalista e assina os sites 'Portal 4' e 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. Siga-me no Twitter: @beraldotv