Jean Wyllys vai processar Ratinho após declarações do apresentador em entrevista com Sérgio Moro

A entrevista de Sérgio Moro com Ratinho está indo mais longe do que se pode imaginar. Além de dividir o público por dar voz ao ministro e ter uma posição considerada “parcial”, o apresentador terá que explicar algumas declarações na justiça. Especialmente, no que foi dito sobre Jean Wyllys.

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o ex-deputado federal não gostou nada de algumas afirmações ditas pelo apresentador do SBT. Wyllys processará Ratinho por calúnia e difmação.

Durante a entrevista, Moro disse que um milionário teria dado dinheiro para um jornalista. Sem papas na língua, Ratinho afirmou: “Esse jornalista é namorado de um deputado e comprou o mandato do deputado Jean Wyllys. Tudo isso eu recebi, não sei se é ‘fake news’. Recebi. Se for verdade, é muito maior do que a gente imagina. Porque envolve outro país”, disse o apresentador ciente de que não tinha provas sobre suas afirmações.

O deputado ao qual Ratinho se refere é David Miranda, do PSOL. O parlamentar é casado e não namorado do jornalista britânico Glenn Greenwald, responsável por denunciar a suposta indevida troca de mensagens entre Moro e Deltan Dallagnol. O escândalo do Telegram é referente ao processo do ex-Presidente Lula. David e Gleen são pais de dois meninos adotados.

Com Eduardo Moura
Jornalista e editor do blog AudiênciaCarioca. Clique e saiba tudo sobre o que movimenta as mídias do Rio. Curta nossas Redes Sociais: Facebook e Twitter

Sobre Eduardo Moura 490 Artigos
Jornalista e editor do blog Audiência Carioca. Clique e saiba tudo sobre o que movimenta as mídias do Rio.