Record News ‘fecha’ às 22h e não abre plantão para cobrir o ataque do Irã as bases americanas

Imagem: Reprodução

Com uma programação sucateada, a Record News deveria tirar o ”News” de sua nomenclatura já que é um canal de notícias parado, perdido no tempo e sem nenhum compromisso com o público.

Nesta terça-feira, 7 de janeiro, bases americanas foram atacadas pelo Irã no Iraque, Globo News ficou por mais de 4 horas com correspondentes em Nova York, levando ao público análise e dando informações em tempo real.

A Band News também levou ao público por mais de 3 horas, ao vivo, informações de especialistas.

Enquanto isso, o canal de notícias do Grupo Record fechou as portas às 22h e exibiu reprise do Jornal da Record News às 1h.

Entre 23h35 e 0h20, a programação foi tomada pelos programas da Igreja Universal.

Sobre Guilherme Beraldo 4169 Artigos
Guilherme Beraldo é jornalista, editor chefe e criador do site 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. Siga-me no Twitter e no Instagram: @beraldotv