Prestes a decidir candidatura, Datena tem queda drástica em pesquisa para a Prefeitura de SP

Imagem: Reprodução TV

Cotado a ser candidato à Prefeitura de São Paulo, Datena deve responder nos próximos dia se vai aceitar ou não concorrer às eleições.

No fim de 2019, o nome do apresentador do Brasil Urgente surgiu com força em pesquisas ao cargo municipal. Entretanto, após o fim do ano, o jogo parece ter virado.

Segundo informações da pesquisa realizada pela Brada Comunicação, Datena caiu para a quinta posição dentre os nomes simulados.

Se as eleições fossem hoje, o jornalista teria 7,6% dos votos. Apareceram na frente: Celso Russomano, liderando com 16%; Marta Suplicy, com 13%; Burno Covas, atual prefeito da cidade, com 11,2%; e Márcio França, com 8,1%.

A pesquisa da Brada reuniu 2408 eleitores e foi realizada entre os dias 8 e 10 de janeiro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Em setembro, Datena estava liderando as pesquisas ao lado de Celso Russomano. Os dois estavam empatados tecnicamente, segundo o Paraná Pesquisas.

Datena afirmou à jornalista Fábia Oliveira, de O Dia, que decidirá se será ou não candidato em janeiro. Caso saia à disputa, Joel Datena deverá substituir o pai entre julho e outubro. O filho de Datena já disse que é contra o pai entrar na política.

Sobre Eduardo Moura 490 Artigos
Jornalista e editor do blog Audiência Carioca. Clique e saiba tudo sobre o que movimenta as mídias do Rio.