Famosos detonam Regina Duarte

A atriz Regina Duarte que trabalhou 50 anos na Globo, não tem o apoio da classe artística. Ela é Secretaria Especial da Cultura do Governo Bolsonaro, e no comando da pasta não representa boa parte de quem faz arte e cultura nesse país.

Nesta quinta-feira, 7 de maio, a atriz deu uma entrevista conturbada à emissora CNN e revoltou anônimos e famosos. Na ocasião, ela relativizou mortes ocorridas no período da Ditadura Militar no Brasil, deu um chilique encerrando a entrevista assim que ouviu um vídeo gravado pela atriz Maitê Proença.

Bruno Gagliasso foi o primeiro a fazer um texto para criticar o posicionamento da secretária especial de Cultura. “Não dá pra desculpar não, Regina. Não dá pra desculpar o seu deboche com torturados pelo Estado, sua naturalização da barbárie”, declarou.

Monica Iozzi, mais tarde, afirmou que as palavras de Regina lhe causaram dor física e emocional. “Que gente é essa, meu Deus? São mesmo gente? Existe alma ali? Existe coração?”, perguntou ela, deixando claro que a classe artística não se sente representada pela veterana.

Não demorou muito, é claro, para o assunto repercutir e ficar entre os mais comentados das redes sociais. João Vicente, Anitta, Guta Stresser, Alice Wegmann, Manuela Davilla, Marina Silva, usaram suas redes sociais para mostrar toda sua indignação com as atitudes da Regina Duarte.

Sobre Guilherme Beraldo 2738 Artigos
Guilherme Beraldo é jornalista e assina os sites 'Portal 4' e 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. Siga-me no Twitter: @beraldotv