Roberto Carlos perde contrato de exclusividade com a Globo

Após 47 anos, Roberto Carlos perdeu o contrato de exclusividade com a TV Globo. A emissora deverá soltar uma nota oficial nos próximos dias sobre o assunto.

Ao assinar com a Globo em 1974, Roberto ficou blindado e proibido de dar entrevista a outro canal sem autorização da emissora carioca.

Em contrapartida, o cantor recebia R$ 12 milhões por ano pelo contrato.

A função de Roberto na Globo era simples: fazer um especial em dezembro e, vez ou outra, atender a uma produção da casa. O Domingão do Faustão foi a atração em que mais o Rei apareceu para divulgar seu repertório.

A única vez que a Globo não colocou no ar um especial de Roberto Carlos foi em 1999, quando o cantor perdeu Maria Rita, sua esposa, vítima de um câncer.

Em 2020, a Globo não chegou a um acordo com Roberto Carlos para a gravação de um especial inédito e, pela segunda vez seguida, foi escolhido reprisar um especial. Um ano antes, um compilado de melhores momentos foi ao ar.

Entretanto, Roberto teve duas de suas ‘lives’ exibidas na Globo em 2020. Uma em abril e outra, em maio.

A Globo está cortando na carne e dispensando medalhões como Tarcísio Meira, Glória Menezes, Miguel Falabella, Vera Fischer, Aguinaldo Silva e outros…

Agora, sobrou até para o Rei Roberto Carlos.

Aqui tem Fofoca nas redes sociais:

Twitter: @beraldotv

Instagram: @aquitemfofocaoficial

Facebook: Aqui Tem Fofoca

Youtube: Aqui tem Fofoca

Sobre Guilherme Beraldo 2586 Artigos
Guilherme Beraldo é jornalista e assina os sites 'Portal 4' e 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. Siga-me no Twitter: @beraldotv