The Masked Singer Brasil: luxuoso, bizarro e tenta divertir

Guilherme Beraldo

11/08/2021 - updated: 11 ago 2021 às 23:02

The Masked Singer Brasil

The Masked Singer Brasil estreou nesta terça-feira (10) e dividiu a internet.

A Globo colocou um programa bizarro em horário nobre, com ares hollywoodianos, luzes e cenários gigantescos. Tudo para tentar atrair público na faixa comercial mais rentável da televisão brasileira.

Simples: a emissora viu no ‘The Masked‘ a chance de divertir o telespectador, sem pretensão de levantar torcida.

Trata-se de uma brincadeira, onde o público deve encarar o programa com leveza.

Vale lembrar que o formato foi desenvolvido na Coreia do Sul, iniciou de forma tímida e acabou virando um formato luxuoso e grandioso e ganhou 41 países.

Chacrinha tinha o “cantor mascarado” quando a televisão era à válvula. A produção era simples: por debaixo de um disfarce bizarro e precário, o público tentava adivinhar o cantor, que nem sempre era tão famoso. O Velho Guerreiro tinha como objetivo mostrar novos talentos.

O The Masked Singer chegou no Brasil via Endemol Shine, a mesma empresa que criou o BBB.

O Brasil foi dos últimos países a comprar o formato, que chegou a ser negociado com o SBT. A concorrente abandonou o projeto por ter um custo altíssimo de produção.

O programa não é uma competição musical, apesar de todos serem cantores.

Os participantes ganharam um cachê. O último a tirar a máscara levará para casa R$ 150 mil.

TÍTULO EM INGLÊS: POR QUÊ?

A Globo resolveu não traduzir o programa por questão contratual. Tudo para deixar bem claro que o formato é internacional.

Em Portugal, o programa foi batizado de “O Mascara”, exibida pelo canal SIC.

A versão americana também é muito boa. Acabei “preso” a três episódios, mesmo sem saber nada em inglês.

Até agora, não sei quem são os cantores mascarados pelas fantasias grandiosas… 😂😂

O segredo do programa é não levar nada a sério. A Globo deixou esse descompromisso claramente.

Todos os chamados não estão buscando uma carreira sólida ou milhões de seguidores, após o programa.

O cenário e a iluminação são impecáveis. O telespectador fica encantado com o que é oferecido.

A TV Brasileira precisou buscar lá fora ideias de programas com “teto alto”. A maioria das emissoras não possui estúdios grandiosos. Desta forma, a emissora precisou alugar um espaço.

IVETE SOLTA E JURADOS DE SILVIO SANTOS

Ivete Sangalo está solta, divertida e desenvolta. O programa caiu como um presente.

No primeiro programa, a baiana chamou a responsabilidade para si e deu conta do recado.

Camilla de Lucas ficou só chamando a # do programa e não foi aproveitada como co-apresentadora.

Aletoriamente, a Globo chamou para o corpo de jurados Rodrigo Lombardi, Taís Araújo, Simone, da dupla com Simaria, e Eduardo Sterblitch.

O humorista encarou um visual estilo Pedro de Lara e arriscou palpites bizarros. Em alguns pitacos, chegou a dizer que um dos mascarados poderia ser Ilze Scamparini, Eri Johnson e Manu Gavassi.

Foi Silvio Santos quem deu sugestões de nomes para a Globo?

FANTASIAS BIZARRAS

Nem todas as fantasias são luxuosas. O Girassol, que deve ser Sandra de Sá ou Fafy Siqueira, parece uma artigo de carnaval feito em casa, com recortes de roupas e pouco brilho.

O Dogão, que ganhou a simpatia do público, foi o primeiro eliminado. Quem estava pagando “o mico” era Sidney Magal.

Fica a dica: faltou uma regra para quem conseguisse enganar os jurados faturar um prêmio.

Em primeiro lugar, precisamos reconhecer a performance de Priscilla Alcântara, a Unicórnio, que deu um show cantando e, certamente, se não for “salva” pelo público presente, é uma forte candidata a ir longe na competição.

The Masked Singer Brasil gera boas risadas e diverte quem teve um dia cansativo, pesado. Enche os olhos pela produção e audácia da Globo em arriscar.

O que é oferecido ao telespectador é um produto bizarro e cafona.

Mesmo assim, precisamos reconhecer que é muito bem feito.

Leia também:

Inscreva-se no canal do Aqui tem Fofoca no YouTube para conferir nossas ‘lives’ e vídeos diários!

Siga Guilherme Beraldo no InstagramTwitter e Facebook.

Guilherme Beraldo

Guilherme Beraldo é jornalista , MTB: 90925, editor chefe, SEO e criador do site 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. O Aqui tem Fofoca ganhou uma nova roupagem e um novo logo, acrescentamos o ''News''. A notícia não para.