PUBLICIDADE

Vem pra Cá é reclassificado para menores de 12 anos

Guilherme Beraldo

11/08/2021
Atualização:11 ago 2021 às 23:02

O programa Vem pra Cá foi reclassificado pelo Ministério da Justiça.

A atração apresentada por Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano passar a ter selo indicativo para parte dos menores de idade.

Em publicação no Diário Oficial da União (DOU), protocolado na página 42 da Seção 1, de 10 de agosto de 2021, o matinal exibido pelo SBT, agora, terá que exibir um selo de “não recomendado para menores de 12 anos”.

Conforme o despacho, o programa de entretenimento foi reclassificado por conter drogas, violência e linguagem imprópria.

A recomendação seria de exibir o formato a partir das 20h, apresentado em TV Aberta.

Só que nada mudará no programa de Patrícia Abravanel.

Mesmo com a orientação do Ministério da Justiça, o SBT deverá exibir o selo na tela com o texto “não é recomendado para menores de 12 anos” e manter o conteúdo às 9h30.

STF DERRUBA CLASSIFICAÇÃO

Em 2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a classificação indicativa determine no horário de uma atração. A medida foi considerada inconstitucional e vale até agora.

Produções que foram classificadas para menores de 14 e 16 anos enfrentam dificuldades para serem exibidas em horário matutino ou vespertino. Principalmente novelas, minisséries e filmes.

Do mesmo modo, quando uma produção é exibida fora do seu horário indicativo, as cenas consideradas impróprias são retiradas e editadas. É o que acontece com algumas novelas do Vale a Pena Ver de Novo.

Se o antigo método valesse, o Vem pra Cá só poderia ser exibido após às 20 horas.

MINISTÉRIO RECLASSIFICOU SERIADO DOS ANOS 50

As Aventuras de Rin-Tin-Tin, produção de 1950, exibida pelo SBT, virou pauta no Ministério da Justiça.

O órgão reclassificou o seriado gravado em 1954, por conter cenas de “violência, atos criminosos e drogas lícitas”.

Os 164 episódios só poderão ser exibidos pelo canal a partir das 21h.

A emissora exibe o seriado nas tardes de sábado e na madrugada de domingo para domingo.

Agora, Rin-Tin-Tin não é recomendado para menores de 14 anos.

SERIADO E MORTE DO PROTAGONISTA

Rin-Tin-Tin é um cachorro da Cavalaria dos Estados Unidos, sediada no Forte Apache. Seu melhor amigo é o cabo Rusty, interpretado Lee Aaker, falecido neste ano.

Considerada uma estrela infantil, Lee protagonizou a série entre 1954 e 1959, além de vários filmes relevantes da década de 1950.

Lee Aaker faleceu a 1 de abril, aos 77 anos, após sofrer um acidente vascular cerebral.

SUCESSO NO BRASIL

Durante sua exibição no Brasil, a série fez muito sucesso e deu origem a um popular brinquedo: o Forte Apache, objeto de desejo de 10 entre 10 meninos da geração baby boomer brasileira.

O seriado passou por várias emissoras: TV Tupi, TV Record, Bandeirantes, retornou para a Record na década de 90, sem repetir o mesmo sucesso.

Em 2018, passou pela Rede Brasil, antes de ser comprado por um preço “camarada” por Silvio Santos.

Detalhe: nenhum episódio mostra Rin-Tin-Tin como cão farejador de drogas contra um cartel perigoso de narcotraficantes.

Leia também:

Inscreva-se no canal do Aqui tem Fofoca no YouTube para conferir nossas ‘lives’ e vídeos diários!

Siga Guilherme Beraldo no InstagramTwitter e Facebook.

Guilherme Beraldo

Guilherme Beraldo é jornalista , MTB: 90925, editor chefe, SEO e criador do site 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. O Aqui tem Fofoca ganhou uma nova roupagem e um novo logo, acrescentamos o ''News''. A notícia não para.