PUBLICIDADE

Corpo do ator Luis Gustavo é cremado no interior de SP

Guilherme Beraldo

20/09/2021
Atualização:20 set 2021 às 15:21

O corpo do ator Luis Gustavo foi cremado no Portal Crematório de Itatiba, no interior de São Paulo, em cerimonia restrita apenas a familiares e amigos próximos. Por decisão da família, não houve velório.

A morte de Luis Gustavo foi anunciada na tarde deste domingo (19) e confirmada pela Globo, emissora onde o ator trabalhou por mais de 30 anos. Ele também participou de novelas na extinta TV Tupi, Record, Bandeirantes e TV Cultura.

Luis Gustavo deu vida a Mário Fofoca da novela Elas por Elas. O sucesso foi tanto, que virou um seriado do personagem em 1983, com 17 episódios.

As últimas participações do veterano na TV ocorreram nas produções Brasil a Bordo e Malhações Vidas Brasileiras, em 2018.

OS ÚLTIMOS MOMENTOS

Cássio Gabus Mendes falou sobre Luis Gustavo, seu tio materno:

“Ele tinha um câncer de intestino já há uns três anos. Estava bem difícil. No último mês, ele ficou um tempo no hospital, mas faleceu em casa. Quis ir para casa. Estava bem, tranquilo. Conseguiu ficar uma semana e meia em casa. A família se despediu dele. Ele estava até feliz, sorrindo um pouco. E dormiu. Claro, estava medicado, tudo direitinho. Ficou esses dias todos com a Cris (esposa do ator). Enfim, a família já tinha se despedido”, iniciou.

“Ele estava em Itatiba [SP]. Ele vai descansar e deixar muita saudade. Sofreu uns anos com essa doença, mas descansou em paz. E agora é isso. A gente só sabe que ele está iluminando a gente de onde estiver. Mas foi uma passagem tranquila, depois de uns anos de batalha. Mais um gigante que se vai. Quando é próximo, é mais difícil, mas a gente tem que pensar nas coisas boas e rezar por ele. Ele vai ficar lá, na luz e na paz, com certeza”, concluiu.

LUIS GUSTAVO: A CARREIRA

Ao longo da carreira, Luis Gustavo atuou em mais de 58 produções entre novelas, seriados e programas especiais.

Na TV começou sua carreira em 1953, atuando na “TV de Vanguarda”, na TV Tupi. Por lá, trabalhou trabalhou nas novelas: “E o Vento Levou” (1956), “O Direito de Nascer” (1964), “Beto Rockfeller” (1968). Esta é considerada um divisor de águas na teledramaturgia brasileira.

No começo da década de 70, Luis Gustavo atuou na novela “Editora Mayo, Bom Dia”, na Record. Na Band, esteve em “Cara a Cara” (1979) e “Rosa Baiana” (1980).

Na década de 80, participou de novelas campeãs de audiência e repercussão: “Ti Ti Ti” (1985), ‘O Salvador da Patria” (1989), e “Que Rei Sou Eu”, do mesmo ano.

Em 1994, Luis Gustavo participou do seriado “Confissões de Adolescente”, na TV Cultura.

VAVÁ: SUCESSO NO SAI DE BAIXO

De 1996 até 2002, Luis Gustavo deu vida a Vavá em Sai de Baixo. O personagem era um síndico desastrado e chefe de família.

A família morava no 6º andar de um prédio no Largo do Arouche, ao lado de Caco Antibes (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth), Cassandra (Aracy Balabanian), Edileuza (Claudia Jimenez), e Ribamar (Tom Calvancante). O seriado ainda contou com Neide Aparecida (Márcia Cabrita) e Sirene (Cláudia Rodrigues).

SAI DE BAIXO: REJEITADO PELO SBT

Sai de Baixo foi um projeto idealizado por Luis Gustavo e Daniel Filho, no começo da década de 1990.

A ideia era criar um humorístico gravado em um teatro, com direito à plateia. A estrutura do formato era similar ao Família Trapo (1967- 1971), produção realizada pela Record.

Luis e Daniel ofereceram o projeto a Silvio Santos com o nome de “Amigos, Amigos”. O dono do SBT rejeitou o programa.

A Globo sofria para bater o Topa Tudo por Dinheiro nos finais de domingo. Assim que acabava o Fantástico, o SBT tomava a liderança isolada na Grande São Paulo.

A emissora carioca aprovou o projeto e estreou o Sai de Baixo na faixa das 22h. Na estreia, rendeu 26 pontos, empatando com o SBT. Ao longo da primeira temporada, o sitcom retomou o primeiro lugar para a Globo.

Guilherme Beraldo

Guilherme Beraldo é jornalista , MTB: 90925, editor chefe, SEO e criador do site 'Aqui Tem Fofoca'. Crítico de TV, participou dos programas 'A Tarde É Sua', 'Mulheres', 'Versátil e Atual' e 'Conexão'. O Aqui tem Fofoca ganhou uma nova roupagem e um novo logo, acrescentamos o ''News''. A notícia não para.