Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
Televisão

Apresentadora da Record é demitida e pede indenização milionária

Publicado

/

Apresentadora da Record é demitida e pede indenização milionária (Reprodução/Record)
(Créditos: Reprodução/Record TV)

Desde sempre, famosos que são demitidos de suas respectivas emissoras, quando não estão de acordo com a forma de dispensa contratual, aproveitam para pedir indenizações milionárias, cobrando também por outras claúsulas contratuais não respeitadas, como é o caso da Thalita Oliveira, ex apresentadora da Record TV.

Thalita Oliveira, apresentadora da Record TV, pede indenização milionária por dispensa

<yoastmark class=

Em síntese, a jornalista Thalita Oliveira abriu um processo milionário contra a Record TV, emissora em que trabalhou durante 14 anos.

No entanto, na ação proposta pela jornalista, ela afirma que foi vítima de perseguição. E além disso, também diz ter sofrido humilhações além de assédio moral antes de deixar a Record.

Nesse sentido, no final de 2022, a âncora do telejornal Fala Brasil, foi realocada para o noticiário Record News. Entretanto, Thalita se sentiu humilhada com a mudança e entendeu como uma forma para que ela pudesse recorrer a demissão.

Logo, na ação judicial proposta, publicada pelo Na Telinha, a apresentadora pede uma indenização de mais de R$2 milhões de reais. Assim, também alega que sofreu assédio moral de Antônio Guerreiro, atual diretor de jornalismo da Record.

Publicidade

E além disso, de acordo com ela, o diretor a perseguiu assim como fez com os demais jornalistas da emissora que trabalhavam para o executivo Douglas Tavalaro, que deixou a área em 2019. Logo, também relata que se sentiu humilhada, coagida e desrespeitada como mulher enquanto se dedicava a emissora.

Em suma, a jornalista também relata que não tiveram respeito por sua gravidez e problemas graves de saúde. Assim, sua saída estava encomendada desde 2021.

No entanto, em seu último mês na Record, Thalita teria sido colocada na geladeira. Assim, ficou esperando o fim de seu contrato na emissora, sem trabalhar.

Em síntese, o resultado da ação ainda não saiu, assim, é aguardar para saber se Thalita será mais uma jornalista a receber uma indenização milionária da emissora em que trabalhou!

Publicidade