Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
Famosos

Galvão Bueno repete Kadu Moliterno e fala sobre as mudanças da Globo com a saída de Boni

Publicado

/

Galvão Bueno repete Kadu Moliterno e fala sobre as mudanças da Globo com a saída de Boni (Reprodução/Globo)
Reprodução/Globo

Na semana passada, o ator Kadu Moliterno falou abertamente no programa de Raul Gil sobre as mudanças na Globo, após a saída de Boni. E além disso, tudo indica que, o narrador Galvão Bueno tem o mesmo pensamento do ator que está afastado das novelas.

Em resumo, o narrador de 73 anos, disse que a nova direção da Globo está “estragando um pouco” o que o diretor de TV, Boni, 83, fez pela emissora, transformando-a na número um de audiência e sinônimo de qualidade.

”Você Decide” ainda está no radar da Globo

Afiliadas da Record estão revoltadas por ceder espaço para igreja

Então, afiliadas da Record estão revoltadas por ceder espaço para igreja

Publicidade

Galvão Bueno fala sobre a Globo após a saída de Boni

Galvão Bueno repete Kadu Moliterno e fala sobre as mudanças da Globo com a saída de Boni (Reprodução/Instagram)

Galvão Bueno repete Kadu Moliterno e fala sobre as mudanças da Globo com a saída de Boni (Reprodução/Instagram)

Em síntese, o narrador abordou o assunto em seu próprio podcast. “Eu digo sempre que a vida me deu três mestres no meu trabalho. O primeiro deles é o Boni, que foi o cara que fez tudo isso [que a Globo é], e hoje até estão estragando um pouco o que ele fez. O Boni me ensinou uma coisa: ‘Sempre se pode fazer melhor’”, declarou Galvão.

Após 24 anos, estrela de Vai na Fé deixa a Globo

Amor Perfeito: Enfim, Marê dá uma surra em Gilda após agressão em Marcelino

Entretanto, também vale destacar que, Galvão fez questão de ressaltar a grandiosidade da Globo. “É uma coisa espetacular”, afirmou. “O meu segundo mestre foi Armando Nogueira, aquela coisa tão carinhosa dele”, prosseguiu o narrador, referindo-se a um dos principais diretores da Globo no século 20.

Em suma, o terceiro mestre apontado por Galvão foi o ex-jogador de futebol Pelé, com quem ele trabalhou na Globo durante as coberturas das Copas do Mundo de 1990, 1994 e 1998! É, parece que muitos famosos que entraram pelos corredores do Projac, pensam o mesmo a respeito da ausência de Boni na emissora!

Publicidade