Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
N de Notícia

N de Notícia

Informações e notícias que você precisa saber

Governo Lula corta verba da Jovem Pan

Publicado

/

Publicidade

Paulo Pimenta, ministro da Secom (Secretaria da Comunicação Social) afirmou nessa quarta-feira (13) que cortou verba da Jovem Pan por conta de fake news.

Primeiramente, apresentador da Record recebe bronca da polícia

Segundo informações da Folha de São Paulo, o petista relatou que cumpriu entendimentos do TCU (Tribunal de Contas da União), embora não tenha decisão onde a emissora é citada.

Nas primeiras ações publicitárias do Governo Lula (PT), a Jovem Pan foi excluída. Em dezembro, o canal recebeu aproximadamente R$ 90 mil da Secom para exibir jingles da campanha de final do ano da atual administração federal.

Aliás, Chris Flores saiu do SBT?

Publicidade

Saiu do ar? Sonia Abrão é prejudicada na RedeTV

Antes da estreia de nova programação, SBT promove troca-troca

Relembre as polêmicas envolvendo a Jovem Pan

Por causa do emprego de comentaristas radicais alinhados ao bolsonarismo, o Ministério Público Federal virou alvo de ação devido à defesa de teses golpistas envolvendo o pleito eleitoral de 2022. Ainda em novembro de 2022, a emissora perdeu a monetização no YouTube por causa de “repetidas violações de políticas contra a desinformação em eleições”, que só foi revertido neste ano.

“Não foi por uma decisão política, existe uma recomendação do TCU, a partir de um encaminhamento sobre veículos que propagavam fake news. Portanto nós simplesmente seguimos a orientação e a regra dessa recomendação de evitar a vinculação de conteúdo”, afirmou Pimenta ao jornal.

Perguntando sobre a volta do canal em campanha publicitária da Secom de dezembro, Pimenta alterou o discurso e afirmou que a empresa não é vetada. “Não há uma vedação, há uma recomendação, uma orientação”.

Publicidade
Publicidade