Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
Netflix

Para evitar fraudes, TV paga inclui Netflix e Globoplay em pacotes

Publicado

/

Para evitar fraudes, TV paga inclui Netflix e Globoplay em pacotes (Imagem: RD1)

Embora o famoso “gato” já seja conhecido no Brasil por fraudes na energia elétrica, existe também o “Gatonet” que traz agora fraudes nos serviços de streaming como Netflix. Buscando estratégias para combater a pirataria no Brasil e inverter a queda, as empresas de TV por assinatura estão tentando resolver o problema.

Inclusive, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), o porcentual de casas com plano de TV por assinatura no Brasil caiu de 33,9%, em 2016, para 27,7%, em 2022. Na contramão, as plataformas de streamings conseguiram alcançar 43,4% dos domicílios.

Então, Chris Flores some do SBT e é massacrada nas redes

Com foco no gatonet, TV paga inclui Netflix e Globoplay

Para evitar fraudes, TV paga inclui Netflix e Globoplay em pacotes (Imagem: Claro TV)

Para evitar fraudes, TV paga inclui Netflix e Globoplay em pacotes (Imagem: Claro TV)

Tentando resolver a situação, a Claro TV+ está criando estratégias para mudar este quadro. E a principal medida é oferecer assinatura de streamingjunto ao serviço ofertado pelas operadoras pelo mesmo valor. Em 2018, a Sky na Europa adotou essa medida.

Ainda, Jornalista Marcelo Pereira recebe alta após parar na U.T.I.

César Tralli fora do Jornal Hoje: Globo promove dança das cadeiras; saiba o que muda

Publicidade

De acordo com o diretor da Claro TV+, Ricardo Falcão, a empresa iniciou nesta terça-feira, 16, a oferta de conteúdos da Netflix e da Globoplay dentro da plataforma da operadora.

“A gente entende que nos últimos anos, desde 2015, houve uma mudança no mercado pelos streamings, não apenas na oferta e distribuição, mas no comportamento de consumo”, disse Falcão, ao portal UOL. “O cliente passou a consumir o conteúdo na hora que quer.”

Essa inclusão do conteúdo da Netflix e Globoplay na plataforma da Claro TV+ é uma estratégia nunca antes feita no Brasil. Com isso, a Claro TV+ tem a expectativa de reverter o quadro de quedas consecutivas nas assinaturas para um possível aumento de assinantes, a partir do segundo semestre de 2024.

Falcão entende que as parcerias entre as TVs pagas e os streamings são um caminho sem volta. Destacou também que os clientes querem um local onde possam encontrar todos os conteúdos na mesma plataforma.

“Acho que isso é uma tendência”, comentou. Em seguida, seguiu: “E será uma prática inevitável. Evidentemente que isso exige investimentos tecnológicos, porque não é apenas uma parceria, e, sim, a inclusão do conteúdo dos streamings na plataforma da TV por assinatura.” Enfim, gostou dessa mudança?

Publicidade