Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
Famosos e Fofocas

Qual seria a punição dos pais de Larissa Manoela caso seja provado as acusações?

Publicado

/

A briga envolvendo a atriz Larissa Manoela e seus pais, Silvana Taques e Gilberto Elias, deu o que falar. Sendo assim, a revista Contigo consultou advogados para analisar os possíveis desdobramentos da polêmica.

+Saiba como os pais de Larissa Manoela agiam nos bastidores do SBT

Os especialistas consultados foram a advogada especializada em direito de família e sucessões, Diane Aguiar, e o advogado Thyago Garcia. Eles buscaram compreender as possíveis implicações futuras para o casal diante do escândalo relacionado ao dinheiro da filha.

Em primeiro lugar, os especialistas afirmaram que caso seja provado que os pais se beneficiaram da fortuna da atriz por um longo período, eles poderiam enfrentar problemas sérios no futuro.

Se fosse demostrado que os pais utilizaram métodos ilícitos, como fraude ou simulação, para adquirir as cotas da empresa da maneira como foram distribuídas, poderiam ser alvo de ações criminais, inclusive por abuso de incapaz.

Publicidade
Larissa Manoela (Foto: Reprodução)

Larissa Manoela (Foto: Reprodução)

No entanto, mesmo que a matéria veiculada pela Globo seja alarmante e que a situação de Larissa Manoela seja realmente lamentável, não é possível afirmar com certeza que os pais exploraram a herdeira de forma abusiva. Para isso, a atriz teria que mover uma nova ação judicial.

Os especialistas explicaram que Larissa Manoela precisaria iniciar um processo legal de prestação de contas. O objetivo seria verificar a integridade da gestão de sua carreira. Ou a possível existência de fraude por parte de seus pais durante o gerenciamento dela.

Larissa Manoela teria que entrar na justiça contra os pais; entenda

Larissa Manoela e a mãe, Silvana (foto: Divulgação)

Larissa Manoela e a mãe, Silvana (foto: Divulgação)

Quando questionados se o caso da ex-estrela do SBT se enquadra em um comportamento de abuso financeiro, eles mencionaram que seria necessário esse processo legal para determinar essa questão.

Para que a atriz deixasse de fazer parte da sociedade da empresa, seria necessária uma alteração contratual. Em outras palavras, mudanças nas cotas de cada membro da empresa ou para excluí-la como sócia demandariam uma modificação no contrato. Além disso, seria necessário a assinatura de todas as partes envolvidas.

No entanto, se Larissa Manoela optasse por não abordar a questão judicialmente, a estrutura societária permaneceria inalterada. Os pais continuariam com 98% das cotas sociais e a atriz teria apenas 2% das cotas societárias.