Redes sociais do Aqui Tem Fofoca
Audiência

Sem Silvio Santos e com nova direção, SBT marca pior média da história

Publicado

/

SBT

Com nova direção e sem Silvio Santos mandando mais na programação, o SBT marcou sua pior média da história.

Em meio a tristeza da perda, Lima Duarte presta homenagem para Lolita Rodrigues

Ainda sentindo os efeitos negativos provocado pelo apagão que começou nessa sexta-feira (5) na Grande São Paulo, o canal de Osasco segue exibindo os programas que diminuíram a audiência da emissora.

Assim, com a nova façanha, essa é a terceira vez em menos de seis meses que a emissora repete a façanha. As marcas negativas passaram a aumentar desde quando Silvio Santos se afastou do comando.

Enfim, SBT toma decisão sobre A Infância de Romeu e Julieta

Publicidade

GloboNews: Jornal do ”banquinho” não agrada e passará por mudanças

Enquanto isso, SBT prepara série de documentários especiais

No sábado (4), SBT vive dia apocalíptico e marca um de seus piores índices da sua história

No primeiro dia do apagão provocado por conta de uma trágica enchente que afetou a Grande São Paulo, o SBT marcou média de 2,2 pontos com share de 7,2%. No dia seguinte, o índice foi mantido, mas a participação entre os televisores ligados despencou para somente 6,8%.

Apesar de uma parte da Grande São Paulo ter voltado com a energia, o canal de Silvio Santos não se destacou em nenhum horário. De manhã, o Sábado Animado ficou na terceira colocação com 1,8 ponto mesmo concorrendo com infomerciais da Record por duas horas.

Na tarde, o Cinema em Casa conseguiu a façanha de obter menor ibope que o programa Raul Gil (2,1 para a sessão de filmes contra 2,5 da atração seguinte).

Publicidade

Durante a noite, somente o Bake Off Brasil foi vice com 3,6 pontos, mas com Barbie a emissora de Edir Macedo recuperou a vice-liderança (2,3 contra 3,2 ) e Notícias Impressionantes (1,6 x 1,7). Apesar de ter fechado também em segundo lugar com 1,4 ponto, o SBT News na TV empatou com a programação religiosa da Record.