Carnaval 2024: Confira a escola de samba com mais títulos

Emissoras entram em guerra por transmissão do Carnaval (Imagem: Rede Bahia)

O Carnaval brasileiro é uma das festas mais populares do mundo, caracterizado por muita música , dança e desfile das escolas de samba, entre outros.

BandSports lançará nova programação ainda em fevereiro

Por conta disso, as escolas anualmente investem nos preparativos dos desfiles. Os enredos são selecionados com bastante cuidado, refletindo temas sociais, culturais e históricos. Do mesmo jeito, carnavalescos e músicos dão expediente para gerar essas histórias. Por conta disso, diversos componentes dessas escolas, entre passistas, percussionistas, mestre-salas e porta-bandeiras, se unem em uma coreografia combinada, enquanto o samba cai na boca do público.

Nos desfiles, as escolas competem entre elas. Por diversos critérios, jurados avaliam elas da qualidade de alegorias ao desempenho dos membros. As escolas de samba de São Paulo competem desde 1955.

Resumo Elas por Elas: Natália contrata Mário para investigar a morte de Bruno

Resumo Fuzuê: Preciosa se arrepende de ter delatado Pascoal

Resumo Renascer: João Pedro conta que o pai lhe roubou Mariana

Confira as escolas de samba que detém mais títulos no Carnaval paulista

  • 1º Vai Vai – Criada em 1930 no Bairro do Bixiga, é uma das escolas mais tradicionais da maior cidade do país. Grêmio Recreativo Cultural e Social Escola de Samba Vai-Vai é seu nome completo, com uma forte ligação com a cultura afro-brasileira. Com 15 títulos na sua história, o último troféu foi obtido em 2015, através de Simplesmente Elis, em homenagem à cantora Elis Regina.
  • 2ª Mocidade Alegre e Nenê de Vila Matilde – A Mocidade Alegre foi criada em 1967 no bairro do Limão. A partir de então, virou uma das estrelas do Carnaval paulistano, com um misto de novidades e tradição valorizando a cultura brasileira e o bom engajamento da comunidade e ela foi a última campeã, obtendo 11 títulos até o momento – mesma marca da Nenê de Vila Matilde.
  • 3º Camisa Verde e Branco – Com 61 anos de vida, sua sede está localizada no bairro da Barra Funda. Muitos acreditam que ela é descendente do Grupo Carnavalesco Barra Funda, a escola de samba mais antiga do país. Ela possui um total de 9 títulos, sendo o último obtido em 1993, obtido através do enredo Talismã.
  • 4º Lavapés Pirata Negro e Rosas de Ouro – Representante do bairro de Lavapés, a Lavapés Pirata Negro mostra a cultura afro-brasileira nos seus desfiles, com 7 títulos – mesma marca obtida pela Rosas de Ouro. Porém, a Rosas de Ouro é uma das escolas de samba mais jovens em território paulista, obtendo o último título no ano de 2010, abordando a cultura do cacau.
  • 5º Unidos da Peruche – Fechando a lista, a Unidos de Peruche conquistou o tricampeonato nos anos 1960. Nos anos 1950 ela inovou o Carnaval ao inaugurar o repinique em território paulistano, um instrumento importante nos sambas-enredos. No total, ela é detentora de 5 títulos, sendo o último conquistado em 1967.

Por fim, com informações da Alpha FM.