Record faz novas demissões e ex-Globo está entre os cortes

Nesta sexta-feira (09), antes do início do Carnaval, a Record fez novos cortes visando redução de custos. Nomes importantes de São Paulo e Minas Gerais foram dispensados.

Emissoras britânicas se unem e criam um streaming único

Luiz Gustavo, principal nome da emissora de Edir Macedo no estado de Minas Gerais, foi demitido após 14 anos no canal. Além de atuar nos jornais locais, ele também aparecia no Jornal da Record. Luiz também é advogado.

Antes de trabalhar na rede da Igreja Universal, Biló, como é conhecido por seus amigos, passou 22 anos na Globo, saindo da emissora líder de audiência em 2009. A justificativa por causa do corte de Gustavo é atribuída ao seu salário elevado.

Carnaval 2024: Confira a escola de samba com mais títulos

Mulher de ex-ator desaparecido da Record faz apelo

Por que a Record não tira o jornalismo do Hoje em Dia?

Corte na Record também afeta Balanço Geral vespertino

Outra dispensa importante aconteceu na redação de São Paulo. Priscilla Doroche, repórter do Balanço Geral Tarde, apresentado por Reinaldo Gottino, também foi mandada embora.

Ela estava na emissora há 12 anos, incluindo o período que ela atuou como repórter na maior cidade do país e Record News, onde foi apresentadora entre os anos de 2013 e 2014.

Além de repórter, Doroche também era produtora do Fala Brasil, jornal matinal exibido nacionalmente. Antes, trabalhou como jornalista no SBT no Rio Grande do Sul, seu estado natal.

As dispensas da Record estão acontecendo devido ao prejuízo milionário que o canal vive nos últimos anos. No último balanço, divulgado em 2022, foi registrado um prejuízo de R$ 500 milhões, de acordo com balanço divulgado pelo grupo. Apesar do resultado do ano passado não ter revelado, os executivos da grupo Record não apresentam otimismo.

Por fim, com informações do portal F5, da Folha de São Paulo.